Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Pitão-africana mata Husky Siberiano
2013-09-14 » Estados Unidos
Desde há muito que se temia que as grandes pitões, cobras invasoras que nos últimos anos se têm multiplicado na Costa Leste dos Estados Unidos, pudessem começar a fazer vítimas junto dos animais de companhia da região. Havia mesmo quem afirmasse que isso já tinha acontecido, só ainda não havia sido provado.

Este caso, agora conhecido, que ocorreu no condado de Miami-Dade, perto dos Everglades, vem demonstrar que estes répteis gigantes, mais do que na fauna autóctone, começam a fazer vítimas dentro dos quintais das pessoas. Na verdade, ficou provado que o ataque de uma cobra que nem sequer é ainda muito grande, com cerca de 3,3 metros, é capaz de matar um grande animal doméstico, neste caso um Husky Siberiano com mais de 30 quilos de peso, em plena força da vida. Os donos do cão ainda se aperceberam do ataque e tentaram desenrolar a cobra, ou mesmo cortá-la, mas perceberam que a sua intervenção já nada podia fazer pelo seu cão e decidiram chamar as autoridades para tomarem oficialmente conta da ocorrência e o caso não se transformar apenas em mais um rumor de um ataque.

O caso e a cobra foram entregues aos responsáveis da vida selvagem local, que cada vez mais se debatem com grandes cobras constritoras oriundas de outros continentes e que ali encontraram condições ideais para se reproduzirem, causando grandes danos à fauna local. A tudo isto acrescem as queixas dos agricultores da região que, já por inúmeras vezes, tinham sinalizado a presença destes animais fora da zona que se julgava isolada, temendo pelos seus próprios animais.

Localmente, são muitos os pais que temem pela vida dos seus filhos e que agora ficam certamente com preocupações acrescidas, uma vez que este ataque vem de novo lançar o medo nas populações que sofrem com este problema, que parece não ter controlo a breve trecho e que promete ir-se alastrando a outras regiões ao longo dos anos. Papar além do mais, tendo-se já demonstrado que estas espécies, principalmente as asiáticas, são capazes de sobreviver a temperaturas muito baixas durante longo períodos, prevê-se que estes animais consigam invadir áreas distantes dos locais onde agora se centra o problema.
Notícias
Cobra fugitiva mata duas crianças
Canadá
Duas crianças de 5 e 7 anos morreram na cidade canadiana de Cambellton, em New Brunswick, enquanto dormiam na casa de amigos que viviam por cima de uma loja de animais, de onde o réptil fugiu. Segundo o inquérito preliminar, a cobra, uma pitão-africana, terá fugido da jaula onde era mantida no estabelecimento e entrado nas condutas de ar-condicionado, donde terá subido até ao piso superior, onde as duas crianças dormiam, tendo-as asfixiado.
Homem sobrevive a ataque de piton
Quénia
Um fazendeiro queniano foi, no Domingo de Páscoa, atacado por uma grande piton africana com mais de quatro metros. O incidente teve lugar localidade de Sabaki, no Norte do país, nas margens do rio com o mesmo nome.
Canis & Gatis
Parques

Parque Nacional do Bicuar

Huíla, Angola

Reserva Parcial de Luiana

Cuando Cubango, Angola

Zoos

Zoo de Lagos

Faro, Portugal

Zoológico de Fernandópolis

São Paulo, Brasil

Clínicas
Lojas

Criadouro Anilha de Ouro

Minas Gerais, Brasil

Mião

Aveiro, Portugal

Hotéis

Cia Das Patas

São Paulo, Brasil

Canil de Xeyver

Viana do Castelo, Portugal