Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Dromedário mata dona
2007-08-20 » Austrália - Queensland
Um jovem dromedário matou a dona quando julgou que esta era uma fêmea da mesma espécie.

Este comportamento é comum entre dromedários, mas não é comum ter um dromedário como animal de estimação.

Os dromedários, que vivem em liberdade na Austrália desde o final do século XIX, tornaram-se uma praga para os cidadãos que habitam as zonas remotas onde vivem. Os números mais animadores apontam para a existência de 600.000 animais. No estado selvagem costumam ser agressivos para as pessoas, dando-lhes pontapés, mordendo-as e empurrando-as, sendo também este um dos motivos que leva os habitantes do interior australiano a não terem muita tolerância com eles.

Neste caso, e segundo as autoridades locais, o camelo terá atirado a dona ao chão e depois pisado o seu corpo enquanto esta resistiu, sendo que já nos últimos dias tinha feito o mesmo a uma ovelha que esta senhora possuía. Este comportamento é considerado semelhante ao que acontece com as fêmeas destes animais na fase de acasalamento.

Este animal terá sido dado à senhora quando do seu aniversário, há poucos meses atrás. O animal tem cerca de 10 meses e já pesa mais de 150 quilogramas.
Notícias
Dromedários morrem às centenas
Arábia Saudita
Um surto de estranhas mortes de dromedários está a agitar as autoridades sauditas, que se vêem a braços com uma crise com a qual não sabem lidar. Até agora, foram quase dois mil os animais que morreram com os mesmos sintomas.
Parques

Parque Natural do Alvão

Vila Real, Portugal

Parque Natural da Tijuca

Rio de Janeiro, Brasil

Zoos
Clínicas

Amaros Bichos

São Paulo, Brasil

Med Patas Pet Shop, Ltda

Paraná, Brasil

Lojas

Simpaticão

São Paulo, Brasil

Empório do Animal

São Paulo, Brasil

Hotéis

Canil Fonte Nova

Lisboa, Portugal

Diego Fernando Santos Gaspar

Rio de Janeiro, Brasil