Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Ursos pardos dos Alpes podem estar condenados
2007-06-24 » Europa

Segundo o braço austríaco da World Wildlife Fund, WWF, os ursos pardos a viver em liberdade nas montanhas alpinas podem desaparecer a curto prazo, já que os animais existentes podem não ser suficientes para manter a população.

Segundo a mesma organização, já só devem existir 38 destes grandes animais espalhados pelos Alpes, o que não permite uma recuperação da espécie, que caminha assim para uma extinção anunciada, dentro de poucos anos.

Um dos problemas que tem afectado estas populações de ursos é o isolamento e a falta de habitats, que surge devido à expansão imobiliária que os Alpes têm sofrido nas últimas dezenas de anos. Uma Europa que se diz e arroga protectora de causas internacionais, e que se sente no direito de fazer críticas ambientais a outros países, mostra assim as suas incapacidades e incompetências neste caso, mesmo no centro do continente.

Já no ano passado, na Alemanha e perante a estupefacção de milhões de pessoas, um urso pardo, Bruno, foi abatido por ter morto algumas ovelhas e galinhas sem que as autoridades alemãs demostrassem o menor interesse em resolver o problema de forma tranquila e inteligente. Bastava apenas terem deslocado o animal para uma zona não habitada, em vez de permitirem a morte do animal às mãos de caçadores profissionais, não obstante o movimento que por toda a Europa se levantou na altura, com especial intensidade na Itália.
Notícias
Jardim Zoológico celebra o nascimento de duas crias de Urso-pardo
Portugal
Semana do Ambiente com animação, atividades e novas crias
Este ano, a Semana do Ambiente tem uma comemoração especial no Jardim Zoológico. O grupo de Ursos-pardos cresceu de 3 para 5 animais com o nascimento de duas crias. A sua apresentação ao público integra os quatro dias de atividades lúdicas e educativas que o Jardim Zoológico preparou, entre 8 e 10 de Junho.
Um urso dorminhoco
Estados Unidos
Em Naples Beach, na Flórida, um urso-pardo invadiu uma residência, não para roubar alimentos ou para estragar o que quer que fosse, mas apenas para dormir uma soneca, ao fresco. Este gesto levou a que o animal já seja conhecido pelo «Urso adormecido».
Jardim Zoológico de Lisboa acolhe três Ursos-pardos
Portugal
Os animais encontram-se na quarentena do Jardim Zoológico O Jardim Zoológico de Lisboa recebeu três Ursos-pardos que se encontravam em Marco de Canaveses. O pedido de recolha destes animais foi efectuado pelo ICNB (Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade), tendo o Jardim Zoológico respondido positivamente a esta solicitação, no âmbito de cooperação com as entidades oficiais, ficando os animais na quarentena do parque, a título provisório, até ser decidido pelo ICNB o seu destino final.
Esperança renasce para ursos nas Astúrias
Espanha
Quando se temia pela sua sobrevivência e já poucos esperavam que os ursos pardos das Astúrias nunca iriam sozinhos ter a capacidade de recuperar as suas populações, as notícias não podiam ser melhores.
Mais um urso pardo morto em acidente rodoviário
França
O governo francês tem tentado reintroduzir os ursos pardos nos Altos Pirinéus tendo, para tal, «importado» da Eslovénia cerca de 20 animais. Os ursos foram libertados em vários locais destas montanhas de forma discreta, já que esta iniciativa tem sofrido grande contestação por parte de algumas organizações com interesses locais.
Canis & Gatis
Clínicas

Antônio Carlos Uhr

Rio Grande do Sul, Brasil

Lojas

Dália Lopes Cordeiro

Setúbal, Portugal

Miau Cão

São Paulo, Brasil

Hotéis

Gol Pet Hospedagem para Animais

Rio Grande do Sul, Brasil