Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Ignorância e futilidade podem ter morto golfinho bebé
2016-02-21 » Argentina
Um golfinho bebé, de dois que arrojaram à costa na praia Santa Teresita, na Argentina, acabou por morrer depois de ter estado demasiado tempo fora de água, porque os veraneantes decidiram tirar «selfies» com ele.

Segundo alguns testemunhos, a cria de Golfinho-do-rio-da-prata (Pontoporia blainvillei) que morreu, terá aparecido próximo do areal, juntamente com outra cria que entretanto voltou a água mais profundas e desapareceu da vista dos presentes. O pequeno golfinho que ali ficou terá sido retirado da água para serem tiradas fotos e depois terá andado de mão em mão, até morrer por desidratação.

Questiona-se se o pequeno cetácio sobreviveria, uma vez que testemunhas dizem estar ferido quando arrojou à praia mas, fora do seu ambiente natural, e certamente já fragilizado, seria óbvio que acabaria por sucumbir rapidamente, mas aparentemente aqueles que quiseram tirar fotos não perceberam isso e não avisaram de imediato as autoridades. Quando as equipas de resgate de animais marinhos chegaram ao local, o animal já tinha sido devolvido ao mar sem vida.

Os golfinhos desta espécie habitam as águas costeiras da Argentina e do Brasil e ocasionalmente invadem os estuários dos rios, chegando mesmo a subir alguns quilómetros ao longo destes. Ao contrário de outros golfinhos, não são dados a grandes grupos, são quase sempre observados sozinhos ou aos pares e, muito ocasionalmente, em pequenos grupos de até 5 exemplares. É uma espécie ameaçada já que frequentemente são apanhados inadvertidamente nas redes dos Pescadores e esse fator tem levado ao declínio do número de indivíduos. Estima-se que existam cerca de 40.000 destes animais na área que habitam, e que cerca de 1500 acabem todos os anos por morrer nas redes de pesca.
Notícias
Portugal
Uma baleia-comum juvenil, com um comprimento estimado de 8 a 10 metros de comprimento, arrojou junto às rochas, perto da Praia da Parede, na tarde do último Sábado. Já morta, por causas ainda desconhecidas, a baleia terá sido atirada para aquele local devido ao mau tempo e à forte agitação marítima que se tem feito sentir em toda a costa e território continental.
Madagascar
As baleias-de-Omura, (Balaenoptera omurai), só foram identificadas em 2003 no Oceano Indico, na região de Madagascar, por um grupo de investigadores japoneses e a sua identificação só foi possível a partir de espécies mortos e com recurso a testes de ADN.
Baleia arroja à costa em Tavira
Portugal
Uma baleia com cerca de nove metros arrojou morta à praia de Cabanas de Tavira, no Parque Natural da Ria Formosa, durante a noite de ontem. Segundo uma bióloga da Sociedade Portuguesa de Vida Selvagem, que se deslocou ao local, o animal teria já morrido há mais de 24 horas quando chegou ao local.
Jardim Zoológico apresenta nova cria de Golfinho
Portugal
O Jardim Zoológico apresenta, neste início de ano, uma cria muito especial, de Golfinho-roaz. O mais recente habitante do parque veio aumentar a família de Golfinhos e promete fazer as delícias dos visitantes no ano em que comemora o seu 130º aniversário.
Leão-marinho ataca Shakira
África do Sul
A cantora colombiana Shakira teve um fim-de-semana agitado na África do Sul, onde esteve envolvida em dois incidentes distintos com animais selvagens, mas nenhum deles parece ter-lhe tirado a boa disposição ou a vontade de estar próxima de animais que vivem no seu ambiente natural.
Canis & Gatis
Parques
Clínicas

Hospital de Equinos Fernando Mattos

Distrito Federal, Brasil

Mania de Bicho

Mato Grosso do Sul, Brasil

Lojas

Cordão Umbilical

Pernambuco, Brasil

Hotéis

Luma Adestramento

Goiás, Brasil