Animais Dicas Canis & Gatis Parques Zoos Clínicas Lojas Hotéis
Abelhas-africanas matam no Brasil
2013-03-29 » Brasil
Nos últimos dias, pelo menos duas pessoas terão morrido no Brasil, após serem picadas por abelhas-africanas. Em ambos os casos, as vítimas estavam a trabalhar quando foram atacadas, depois de inadvertidamente terem provocado a fúria destes terríveis insectos.

Em Franca, São Paulo, um idoso deslocou-se ao campo para colher abóboras e terá caído num buraco onde se encontrava o enxame, e nem mesmo a pronta intervenção dos serviços de socorro permitiu salvar a vida do homem de 67 anos. Neste caso, aparentemente a vítima não seria alérgica às picadas de abelha e a causa da morte terá sido o grande número de picadas que sofreu.

Já em Botucatu, também em São Paulo, um homem de 56 anos terá falecido do choque anafilático, depois de ter sido atacado por mais de seis centenas de abelhas. Apesar de ter chegado com vida ao hospital, o homem não resistiu ao ferimentos, aumentando o número de vítimas mortais resultantes da agressividade das abelhas-africanas, que terão chegado ao país em meados do Século passado. Na mesma altura, também dois cães e uma ave morreram, em resultado deste ataque.

Ao contrário das abelhas mais comuns na apicultura do país, que só atacam para se defenderem ou para defender a sua colónia, as abelhas-africanas, também conhecidas por abelhas-assassinas, atacam as suas vítimas apenas por se aproximarem da sua colmeia ou por fazerem algum tipo de barulho. Muitas vezes, isso acontece ao operarem máquinas agrícolas, ou fazendo movimentos bruscos, provocando ataques violentos em que centenas de animais perseguem as suas vítimas por centenas de metros, com uma agressividade inusitada, num frenesim que normalmente só acaba quando a pessoa ou animal deixam de respirar.
Notícias
Pizza com ingrediente sazonal
Austrália
Foi esta semana notícia recorrente: uma praga de gafanhotos invadiu grande parte do território do estado de Queensland, na Austrália. Como sempre acontece em situação de crise, existe quem consiga pegar num problema e transformá-lo num caso de sucesso.
Joaninhas invasoras alarmam autoridades
Grã-Bretanha
Uma espécie de joaninha invasora, conhecida na Grã-Bretanha por joaninha-asiática ou joaninha-harlequim (Harlequin succinia), está a lançar o pânico entre os investigadores, que vêem as espécies autóctones serem postas em risco por esta espécie invasora, que está a chegar rapidamente aos quatro cantos das Ilhas Britânicas.
Tarântulas invadem habitações em Quennsland
Austrália
Não é vulgar acontecer e pode estar relacionado com factores climáticos, mas está a deixar os habitantes de pequenas cidades australianas, principalmente na zona de Bowen e Townsville, com os cabelos em pé.
Traficante de tarântulas detido
Suiça
Um suíço foi detido por fazer contrabando de tarântulas, viajando na sua viatura entre a Alemanha e a Suiça. Tudo começou com uma operação ocasional de tráfego entre os dois países na alfândega de Lörrach, no sul da Alemanha.
Criança morre depois de ser atacada por abelhas
Brasil
Uma brincadeira entre três crianças, que decidiram ir apanhar frutos silvestres, acabou em tragédia, quando uma delas foi atacada por mais de mil abelhas, numa zona rural perto da cidade de Botucatu, estado de São Paulo.
Canis & Gatis
Zoos

Zoológico de Fernandópolis

São Paulo, Brasil

Parque Natural da CBMM

Minas Gerais, Brasil

Clínicas
Lojas

Pet Shop Molecão

São Paulo, Brasil

Stillus Pet Shop

São Paulo, Brasil

Hotéis

Hotel da Larga Vista

Setúbal, Portugal

Cães e Gatos Hotel

Rio de Janeiro, Brasil